Notícias
51 mil fãs
193 mil fãs
61 mil fãs
Instagram
Compartilhe Agora!
Ele por Elas! Em bate-papo com a Atrevida, Luan Santana fala sobre seu novo trabalho, 1977
Publicado 19 de novembro às 14:59h

newslsO Luan Santana é uma das opções de capa da revista Atrevida deste mês. Em bate-papo com a jornalista Carol Salomão, o cantor falou sobre o seu novo trabalho, o DVD 1977, que faz uma homenagens às mulheres e conta com participações de grandes vozes femininas.

Confira a matéria completa:

Ele por Elas

Se a primeira coisa em que pensou foi “por que este número?”, você não está sozinha. O próprio Luan explica tudinho: “Queria algo enigmático. Peguei referencia da Beyoncé, que nomeou o último trabalho de Lemonade por causa dos negros. Eles acreditavam que tomar limonada iria clarear a pele. Achei triste e genial da parte dela. Pensei: ‘vou chamar o projeto de 1977 mesmo que ninguém entenda nada e eu tenha que explicar’ [risos]. Esse foi o ano em que a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Internacional das Mulheres. Então, tudo acabou se encaixando”, disse o cantor durante a coletiva de imprensa do DVD, que tem previsão para chegar às lojas dia 20 de novembro. Assim como o movimento ElesPorElas (HeForShe) criado pela ONU Mulheres em 2014 – aquele em que a Emma Watson apareceu como Embaixadora Global da Boa Vontade da ONU Mulheres –. Luan mostra que o papel dos meninos como parceiros na visão comum da igualdade de gênero é possível e (muito) importante. Foi unindo o que lia sobre o empoderamento feminino nas redes sociais à vontade de fazer um projeto com participações, que ele decidiu homenagear a mulher e chegou a uma lista de seis artistas: “Pensei: ‘com quem eu sempre quis cantar?’. Escuto Sandy & Junior desde criança, então chamei a Sandy. Também sou amigo da Ivete e a admito muito. Fui selecionando os nomes e vendo como eles poderiam combinar. Além disso, quis chamar uma cantoras de cada estilo. Não queria só as do sertanejo ou só as do axé”, contou Luan.

As musas do Luan

newsls

Pronta para saber dos bastidores da gravação com Sandy, Ivete e outras quatro mulheres tão superpoderosas quanto elas? Então, vem!

Anitta: “Gravamos um pop, já que esse é o ponto que temos em comum. Também queria que a faixa tivesse um astral bem gostoso, para se ouvir enquanto está na estrada. Me inspirei na Hymn For The Weekend, canção do Coldplay com a Beyoncé […]. Nós também conversamos sobre tudo e isso é o mais legal d DVD”.

Sandy: “Conversei com a Sandy só pelo telefone, fizemos os arranjos assim. Foi engraçado, porque ela falava: ‘põe um tananan aqui’ e eu respondia ‘ta-nan-nan?’ [risos]. Primeiro, gravamos a música dela em uma levada de violão, e ela disse: ‘tem como essa levada ser mais presa, como esse disco…’. Então, ela me enviou o CD, entendi o que queria e gravamos!”.

Marília Mendonça: “Nós fizemos um show em São Luís e até então não a conhecia. Ela ficou ao lado do palco durante o meu show e em um momento a chamei para cantar. Senti uma energia muito boa! As pessoas estão seguindo a Marília de uma forma que ninguém imaginaria antes do sucesso. Acho legal quando o artista surpreende desta maneira”.

Camila Queiroz: “Ela gravou um Snap cantando uma das músicas dos Jogos Vorazes e pensei: ‘essa menina canta!’. Só que quando eu fui falar com a Camila, ela respondeu: ‘eu estava dublando’. Como eu queria fazer surpresa e convidar uma atriz, disse: ‘vamos ver como você se sai?’. Pensei no Roberto Carlos, que também chama atrizes para cantar e descobre talentos”.

Ana Carolina: “Tinha receio de chama-la, não sabia se iria aceitar. Foi uma surpresa quando a encontrei e ela disse: ‘vamos cantar juntos?’. Pra mim, a voz da Ana Carolina é a mais espetacular do Brasil! Amo aquela melodia triste de algumas das canções dela e procurei gravar algo que desse uma sensação boa e ruim ao mesmo tempo no coração”.

Ivete Sangalo: “O primeiro contato que tive com a Ivete foi nos bastidores de um programa, e logo a chamei para participar do meu DVD. Ela topou na hora. Cantamos Química do Amor e foi uma explosão na época! Passou um tempo e ela me chamou para participar do DVD dela, que foi uma honra [o Luan apareceu no DVD Acústico em Trancoso e canta Zero a Dez com a Ivete!].

Curiosidades do Luan {por elas}

Conversamos com algumas das musas do cantor e elas também revelaram alguns segredinhos do Luan durante as gravações do DVD.

  1. A Camila saiu da própria zona de conforto e topou entrar para o projeto porque ele “é lindo” e porque o Luan pediu para que ela confiasse nele. Fofo!
  2. A Marília já era luanete assumida e ficou nervosa. “Meu produtor e amigos que estavam presentes no camarim morriam de rir do meu jeito adolescente naquele momento. Fui bem fã mesmo”, revelou a cantora.
  3. A Camila também já curtia o trabalho do Luan. “Pude cantar com uma pessoa que sempre admirei e no mesmo projeto em que várias artistas que fizeram parte da minha vida com suas músicas estão. Isso vai ficar para sempre no meu coração”, disse a atriz.
  4. A Ana Carolina já acompanhava o Luan e ficou sabendo que ele queria fazer uma parceria em uma entrevista! “Ficava admirada com o fato de ele ter começado tão novo […]. Ganhei meu primeiro violão aos 12 anos e com essa idade o Luan já estava na batalha”, explicou ela.
  5. Antes do convite, a Marília não sabia o motivo por trás do 1977 e ficou tão curiosa quanto a maioria dos fãs. “Perguntei para o Dudu Borges, o produtor, sobre o significado. Achei interessante! Depois, fui pesquisar mais. O Luan sempre tem ideias legais para os projetos, esta homenagem às mulheres foi maravilhosa e me deixou ainda mais encantada por ele”, afirmou Marília.
  6. A Ana também fez o link com o Dia Internacional da Mulher pelo projeto. “Muito bacana a iniciativa de enaltecer nossas mulheres, ele sabe bem que são elas que movem o mundo […]. A música é um grande coletivo e é bom esse espirito de união”, disse.
  7. Você acredita que o Luan gravou a música com a Camila escondido, sem ela perceber? “Estávamos cantando, achei que estávamos só ensaiando e então o Luan me contou que já tínhamos gravado a música”, revelou ela. Olha o truque!
  8. O Luan deixou escapar o nervosismo de cantar com a Ana, e ela foi tão querida quanto ele com as luanetes. “O Luan falou que teve medo quando me ligou, aí pensei: ‘medo de quê?’ [risos]. Quando vimos, já estávamos tocando a música”, disse a cantora.

De 2016 para 1977

newsls

Se você está esperando um cenário de referencias dos anos 70, prepare-se para a surpresa: o 1977 teve quatro dias de gravações em um estúdio de cinema em Paulínia (SP), e vai trazer um ambiente industrial. Sendo o projeto mais autoral do Luan, você irá escutar as seis participações e seis faixas solo, entre elas, a já lançada (e amada) Dia, Lugar e Hora. “As músicas que canto sozinho compus há muito tempo. Penso: ‘esta me toca mais do que esta’. Geralmente, as que mais me tocam são as que mais irão tocar o meu público. Então, a seleção acontece de forma natural”, explicou Luan. Já as parceria com Sandy, Ivete, Anitta, Ana, Camila e Marília receberam o toque de cada uma. “A Ana, principalmente, que esteve no estúdio duas vezes. Ela queria compor a música comigo do zero […]. A Ana, na verdade, é a única que compôs, mas algumas deram palpites nos arranjos, como a Sandy”, revelou ele.

Como ele adiantou no começo da matéria, há uma representante para cada estilo musical, mas como o Luan iria decidir entre o sertanejo e o som que elas estão acostumadas a fazer? “Este era o maior desafio! Não podia cantar o que elas catam e elas não podiam cantar o que eu canto. Precisava achar o meio-termo […]. Por isso, acho que vai ser o disco mais diferente que já fiz”, disse o cantor. Além disso, Luan espera atingir outras galeras, já que “cantar com alguém do axé, da MPB ou do funk irá fazer que outras pessoas que não me ouviam antes comecem a me escutar”.

Outra notícia boa? Na época da cletiva, Luan ainda estava decidindo se duas canções iriam entrar para o DVD, entregando uma pista quando perguntado se gostaria de voltar a apostar no reggaeton, mesmo estilo de Bailando, parceria com Enrique Iglesias. “Com certeza! Aliás, estou fazendo uma música com ritmo parecido que talvez entre no DVD”, revelou. E não espere só por músicas: a ideia do projeto é mostrar desde quando o ídolo começou a cria-lo até a entrada das convidadas, que vão bater um papo sobre diversos assuntos.

A química foi tanta que um rumor em especial ganhou destaque: o de que Luan teria tentado conquistar Camila antes dela assumir o namoro com Klebber Toledo. OMG! “Eu e Camila já nos encontramos três vezes, mas somos só amigos. Anitta também. Estou sossegado [risos]. Estou solteiro, não quero ter algo sério agora. Acabei de terminar com a Jade e estou aproveitando um pouco”, desconversou.

Se não sabemos quem será a próxima mulher a conquistar o coração do cantor, podemos ter certeza de quem é a mulher mais importante da carreira – e da vida – dele. “Sem dúvidas, a minha mãe. Ela não foi só a mulher, mas a pessoa que mais me incentivou”. E você tinha duvidas de que seria dona Marizete? Perguntado se ele já tinha pensado em chama-la para participar de alguma gravação, outra surpresa: “Minha mãe canta, sabia? Ela canta com o meu pai às vezes. Seria uma ótima ideia, apesar de ela morrer de vergonha”, disse, orgulhoso.

Enquanto tenta convencer a mãe de subir ao palco, Luan continua de olho em outros talentos femininos, como Marilia Mendonça. “Os últimos estouros na música sertaneja são femininos. Então não existia momento melhor para chamar essas mulheres de que sou fã para cantar comigo […]. Talvez as mulheres se identifiquem com o que elas cantam, pensem: ‘é isso o que quero dizer para o meu namorado e nunca soube como’ e só enviem a canção. É a hora das mulheres!”.

Da Atrevida | Edição: News Luan Santana 

”Minha música atinge todos os públicos, quero sempre poder cantar para todo mundo…”, diz Luan Santana.
De casa nova! Luan Santana assina com a Sony Music
Luan Santana lança videoclipe em homenagem aos caminhoneiros
”Quero que, cada vez mais, meu trabalho siga a minha realidade, minha identidade”, diz Luan Santana
Luan Santana fala sobre planos para 2021

© 2010-2017 www.newsluansantana.com
Todos os direitos reservados.