Notícias
51 mil fãs
193 mil fãs
61 mil fãs
Instagram
Compartilhe Agora!
“Já usei uma máscara para circular nas ruas e ser folião por alguns minutos”, revela Luan Santana
Publicado 25 de janeiro às 16:25h

Já no clima do Carnaval, Luan Santana conversou com o jornalista Gustavo Cunha, do Yahoo, e revelou não descartar a ideia de ter um bloquinho na folia. “Por que não?”, questionou ele, que revela já ter saído mascarado para curtir a festa por alguns minutos. “Gosto demais de carnaval. Certa vez, usei uma máscara para circular nas ruas e ser folião por alguns minutos”.

Confira a entrevista completa!

Como é a sua relação com o carnaval? Sempre foi de curtir a folia?

Gosto demais de carnaval, como todo bom brasileiro. É uma festa genuinamente nossa. Mas sempre fui muito de passar a folia trabalhando mesmo. Quando dá, gosto de curtir os desfiles nos camarotes do Rio ou de São Paulo. A cultura inserida ali me fascina. É muito fascinante observar o trabalho artístico de pesquisa, criação, concepção e mega produção.

Também gosta dos blocos?

Tenho o sonho de puxar um bloco no carnaval do Rio, de Salvador ou de Sampa. Por que não?

Mas acha viável essa possibilidade?

Seria legal, mesmo. Acredito que, quando tudo é feito com calma, há grandes chances de dar certo.

Hoje em dia, artistas de diferentes gêneros musicais comandam blocos próprios…

Acho importante a popularidade da música romântica e sua força dentro do carnaval. O sertanejo se adaptou: hoje, nós, artistas românticos, nos misturamos com o reggae, o axé, o pagode baiano, a percussão… É muito difícil definir. Sinto que sou um artista 360º, que faz música para todo lugar, para a família, para a curtição, para a balada… Estou em vários ambientes diferentes.

Lembra alguma história marcante que você tenha vivido em algum carnaval?

Certa vez, usei uma máscara para circular nas ruas. Me senti na multidão, sendo folião por alguns minutos. É uma energia que contagia.

O que o público pode esperar desse show no Rio?

Será um show da minha turnê do DVD “VIVA”, com destaque para “ Quando a Bad Bater”, a música mais tocada do ano, “Sofrendo Feito um Louco” — faixa que vamos lançar clipe nesta sexta-feira (24/1), com a participação do Olodum e de Léo Santana — e “Água com Açúcar”, tema deste novo trabalho. Mas também vou cantar sucessos que marcaram a minha carreira. Tudo com muito amor, porque o romantismo é o que dita moda e marca toda história de verão.

Você já disse que é romântico, “mas nem tanto”. Considera-se mais romântico hoje em dia?

Sou romântico, e gosto de ser romântico. Mas não com padrões ou estereótipos. Faço ações que me movem, como a surpresa de pedir a Jade em noivado dentro de um balão, com o Atlântico aos nossos pés. Foi no ano passado, em Portugal. Preparei tudo com muito carinho para ela.

A atual fase amorosa serve de inspiração para suas obras?

Sim, sempre. É o amor que nos move, dentro e fora dos palcos. Na vida, de um modo geral, isso só vem para somar em tudo. Estou muito feliz com essa fase que estamos vivendo.

E já definiram a data e o local para o casamento, em 2021?

Ainda não. Estamos pesquisando tudo com muito carinho, aqui e fora do Brasil. Como questionava um grande escritor (Ernest Hemingway): “Por quem os sinos dobram?”. Quero que todos os sinos ecoem para a nossa felicidade e que o nosso amor contagie o mundo.

Você guarda muitas composições na gaveta? Apresenta parte delas para a sua noiva?

Jade escuta muita coisa comigo, sim. É uma grande parceira e incentivadora. Escrevi “Quando a Bad Bater” enquanto ela secava o cabelo. O brilho do secador e o ato dela ficar mais bela serviram de pano de fundo.

Edição: News Luan Santana

Ouça “Tentei Conquistar o Mundo”, parceria de Michel Teló e Luan Santana
Luan Santana e outros famosos doam itens para arrecadar dinheiro e ajudar no combate ao COVID-19
Por prevenção ao COVID-19 , Luan Santana cancela shows
Luan Santana testa negativo para COVID-19
Luan Santana anuncia novo projeto somente com modões

© 2010-2017 www.newsluansantana.com
Todos os direitos reservados.