Notícias
51 mil fãs
193 mil fãs
61 mil fãs
Instagram
Compartilhe Agora!
Luan Santana entrevista Tatá Werneck e ganha elogio da atriz: “Você é muito talentoso e gentil”
Publicado 01 de julho às 12:28h

Luan Santana viveu um repórter por um dia para o Extra e entrevistou a amiga Tatá Werneck, com quem divide a cena no seu novo clipe “MC Lençol e DJ Travesseiro”. 

Confira!

O que a fez estrear em videoclipe? o convite de um amigo ou a proposta do roteiro?

Se você me chamasse para fazer um risoto, eu já iria. Já havia sido convidada para participar de alguns clipes, mas, com a rotina de gravações, não consegui conciliar. Por você, virei a noite e fui gravar, porque sou muito fã. Depois que escutei a música, passei um mês com ela na cabeça. Você é muito talentoso e gentil.

Quais os videoclipes que você traz de referência da sua adolescência?

Cresci vendo MTV. Depois, trabalhei lá. Então, tinha aquela ansiedade de esperar lançar na TV. Lembro que ficava ansiosa pelos clipes das boy bands. E eu também era muito fã da Mariah Carey.

O que você pediria para o DJ anunciar?

Que estou grávida de Luís Carlos Prestes.

É preciso ser dramático para ser romântico ou é possível misturar piada no romance?

Eu sempre me relacionei com pessoas bem-humoradas. Sempre me apaixonei por senso de humor. Minhas relações são um pouco como essa do clipe. Risos, guerras de travesseiros. Preciso estar ao lado de alguém que me divirta e se deixe divertir. Caso contrário, prefiro fazer outras coisas. Minha vida é movida a isso. Ter um romance é amar e estar feliz. Ter paz. Precisar sofrer para amar ficou na minha adolescência.

O que a deixa triste?

Coisas que deixam todos tristes: violência, maus-tratos a animais, miséria, injustiça, corrupção, crianças sem seus direitos humanos assegurados… Não sou uma pessoa que tem tendência a ficar triste. Eu já acordo bem-humorada, mas isso pode ser interrompido por fome (risos).

Quem ri por último realmente ri melhor ou isso é mito?

Quem ri por último não entendeu a piada.

Humor é coisa séria?

Humor é uma ferramenta política. É um agente transformador. Através do humor, é possível tocar em assuntos delicados e falar com a maioria das pessoas. O humor nos aproxima. Nos faz observadores. Nos salva.

Por que as mulheres têm menos espaço que os homens no humor?

Porque fomos educados desde cedo a discriminar mulheres que se expõem demais. Homens sempre puderam e são admirados por isso. Mulheres extrovertidas são, na maioria das vezes, mal interpretadas. Homens são engraçados. Mulheres, malucas. Eu sofri esse tipo de discriminação a vida toda. Mas as coisas estão mudando.

Por que algumas piadas perdem a graça ao longo do tempo?

Existem vários tipos de humor. Dificilmente uma piada que é de timing perde a graça. Timing é atemporal. Mas tem também piadas de humor factual, que são datadas. Ou piadas que consistem em ser capaz de fazer algo que ninguém faz, mas que, com o tempo, isso não é mais novidade. O humor se reinventa e caminha de acordo com a sociedade, que, graças a Deus, se reinventa também.

Do News Luan Santana

Luan Santana e Fernanda Souza testam conhecimentos um sobre o outro em brincadeira de “Verdadeiro ou Falso”
Luan Santana entra na lista “Emerging Artists” da Billboard Americana
Cantor italiano revela vontade de gravar com Luan Santana
Confira! Luan Santana e Fernanda Souza estreiam no comando do “SóTocaTop”
Luan Santana fará participação especial em novo CD do Roupa Nova

© 2010-2017 www.newsluansantana.com
Todos os direitos reservados.